Programa Novos Caminhos forma turma inaugural em Chapecó

Por: Setor imprensa AMC

A primeira turma de estudantes do programa Novos Caminhos foi diplomada nesta segunda-feira (9) em Chapecó. Alunos, professores e representantes da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) e do Tribunal de Justiça (TJ-SC) estiveram presentes para avaliar os resultados e falar sobre os novos passos do programa.

O Juiz Ermínio Amarildo Darold, de Chapecó, que representou a AMC durante o evento, destacou a importância da iniciativa. “Este programa surge como coroamento da tutela do Estado ao menor acolhido, com o oferecimento de uma oportunidade no difícil momento do corte do cordão umbilical, da emancipação, da inserção desses jovens na sociedade. A AMC e o Tribunal de Justiça, sensíveis à situação e dando cumprimento aos seus respectivos papéis, buscaram a parceria do sistema FIESC, confiando na eficiência da iniciativa privada e no senso de responsabilidade social que lhe aflora. É um projeto simples, mas que traduz efetividade e pode mudar a vida dessas pessoas. A AMC, que representa todos os Magistrados Estaduais de Santa Catarina, é e quer prosseguir sendo parceira em tudo o que traduza bem-estar e utilidade à sociedade, especialmente às pessoas mais necessitadas do amparo”, assinalou.

O Desembargador Sérgio Izidoro Heil, responsável pela Coordenadoria Estadual de Infância e Juventude (Ceij) e entusiasta do projeto, esteve no Oeste para prestigiar a solenidade, ao lado das demais autoridades locais e de representantes da AMC e Fiesc. “Este projeto é fundamental para resgatar a cidadania e a dignidade humana destes jovens”, pontuou Heil.

Os 13 formados são jovens que, ao atingirem a maioridade, estão deixando as casas de acolhimento e buscam uma perspectiva profissional. Eles tiveram aulas em nove módulos comportamentais, em temas como pró-atividade, ética no trabalho e liderança. A perspectiva agora é que eles possam buscar trabalhos que os ajudem a se manter enquanto se especializam em cursos profissionalizantes do SENAI. “Se cada um fizer a sua parte neste projeto, teremos sucesso”, afirmou Waldemar Schmitz, vice-presidente da FIESC para a Região Oeste, lembrando que os jovens passarão agora por novas etapas de formação e precisarão persistir na construção de uma carreira. “Enfim estamos prontos. Daqui para frente estaremos preparados para fazer parte do mundo do trabalho”, comemorou a adolescente T.L., 17 anos.

Com a conclusão da turma inaugural, o programa Novos Caminhos deve agora ser estendido a Joinville, Blumenau e outras regiões do Estado. Entre os presentes no evento desta segunda-feira estavam ainda Marciana Fabris (juíza substituta da Vara da Infância e Juventude de Chapecó), Patrícia Vasconcelos de Azevedo (presidente da Sub Seção da OAB de Chapecó), Rogério Gobbo da Rosa (diretor do SESI Chapecó) e Bianca Menezes Gobbi Pauletti (coordenadora de educação do IEL/SC e gerente do Projeto Novos Caminhos).

O programa Novos Caminhos integra a agenda do movimento “A Indústria pela Educação”. Lançado pela FIESC em setembro 2012, ele estimula o setor industrial a promover o acesso ao ensino com a ampliação da oferta de serviços educacionais. Até 2014, as entidades que compõem a Federação realizarão 823 mil matrículas em cursos de educação básica, continuada, profissionalizante, executiva, além de capacitações e estágios. (Com informações da Assessoria de Imprensa da Fiesc e TJ/SC).

Deixe uma resposta