AMC, FIESC e TJ/SC firmam convênio para capacitar jovens que estão em abrigos em Blumenau e Joinville

A Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC), a Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) e o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC) assinam, nesta semana, termo de cooperação que marca o início das atividades do projeto Novos Caminhos em Joinville e Blumenau. A iniciativa busca capacitar profissionalmente os jovens que, ao completar 18 anos, deixam as casas de acolhimento. Com a qualificação, eles ganham novas perspectivas no mundo do trabalho. Em Joinville, o convênio será firmado no próximo dia 12, às 16 horas, no SENAI Sul, na Avenida Coronel Procópio Gomes, 911, Bairro Bucarein. Em Blumenau será no dia 13 de março, às 8h30, no SENAI, na Rua São Paulo, 1.147, bairro Itoupava Seca.

A AMC estima que nos próximos anos cerca de 600 jovens, ao atingirem a maioridade, deixarão os abrigos no Estado. No primeiro momento, os jovens são capacitados profissionalmente de acordo com as afinidades ou aptidões pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL/SC), SENAI/SC e SESI/SC, entidades da FIESC. Os jovens que têm entre 16 e 18 anos serão encaminhados para um curso de qualificação para posteriormente ingressar nas indústrias por meio de um programa de estágio.

Em agosto do ano passado, foi implantado projeto-piloto em Chapecó. Em dezembro, foi realizada a formatura dos estudantes que participaram da primeira turma do programa Novos Caminhos, formada por 13 jovens. O grupo participou de aulas em nove módulos comportamentais, em temas como proatividade, ética no trabalho e liderança.

De acordo com o presidente da AMC, a iniciativa tem mostrado resultados surpreendentes. “Estamos muito satisfeitos com o sucesso do projeto e, sobretudo, pela possibilidade de oferecer um futuro melhor a esses jovens. Vamos envidar todos os esforços, juntamente com a Fiesc e com TJ/SC, no sentido de levar o programa a outros municípios do Estado ainda este ano”, ressaltou.

Fonte: Imprensa AMC (10.03.2014)

Deixe uma resposta