Evento de homenagem encerra as atividades de 2019 do Novos Caminhos em Lages

Neste ano, as homenagens aos adolescentes que participam do Programa Novos Caminhos ocorreu no Salão do Júri da comarca de Lages. Além dos 25 participantes, receberam honrarias as empresas parceiras e a equipe de trabalho que se destacou em 2019. Com a solenidade, ocorrida nesta quarta-feira (4), mais um ciclo do programa encerra na região da Serra Catarinense.

 

Os jovens homenageados concluíram cursos de qualificação e alguns deles foram encaminhados para o mercado de trabalho. O Serviço Nacional da Indústria (Senai), Serviço Social do Comercio (Senac) e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) oportunizaram conhecimento aos participantes em cursos de empreendedorismo e eletricista de automóveis, por exemplo. “Participar do programa é muito bom. Aqui temos uma família e a chance de aprender para ter uma vida diferente”, diz uma das participantes.

 

Alguns participantes chegaram ao mercado de trabalho. As empresas Vossko do Brasil e Maxxi Atacado foram empreendimentos que abriram as portas e acolheram os adolescentes com o oferecimento de uma vaga. Uma das adolescentes trabalhou no Maxxi por mais um ano como jovem aprendiz. A Vossko empregou um participante do Novos Caminhos. Para o diretor da empresa, Álvaro Brandão Filho, é importante dar essa contribuição para a sociedade. “Temos que ter esse compromisso com a responsabilidade social”. As duas empresas receberam o selo “Empresa Cidadã”.

 

 Os profissionais que se destacaram em suas atividades também foram homenageados. A interlocutora da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) na Serra, Marilza Borba Branco, recebeu a reverencia. Na solenidade, a vice-presidência da entidade na região foi representada pelo industrial Giordan Heidrich. “Esse programa é fantástico. Podemos ver o brilho diferente nos olhos dos participantes. Estar no Novos Caminhos é ter a perspectiva de que a vida pode tomar um rumo diferente, com qualidade e dignidade”, destaca.

 

Para a próxima etapa as atividades do programa devem ser ampliadas para as crianças. Atualmente, são atendidos adolescentes a partir dos 14 anos, com qualificação profissional e encaminhamento para o mercado de trabalho. Em 2020, a ideia é ampliar para o público com idade acima dos sete anos. Para as crianças acolhidas serão oferecidas educação maker, serviço odontológico e, provavelmente, modalidades de esportes, com a ajuda de diversos parceiros. O Serviço Social da Indústria (Sesi) é dos deles.

 

 O Programa Novos Caminhos é uma iniciativa da Coordenadoria Estadual da Infância e da Juventude (CEIJ) do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, juntamente com a Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) e com a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC). Atualmente, também integram o Programa a Ordem dos Advogados do Brasil de Santa Catarina (OABSC), o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio), a Associação Catarinense de Medicina (ACM) e a Fundação de Estudos Superiores de Administração e Gerência (FESAG).

Por Catarinas Comunicação